— Voltar para todos episódios

Comida Sem Filtro #28 – Ultraprocessados: devemos eliminar?

Seja avisado sempre que sair um novo episódio e receba as referências no seu e-mail.

Os alimentos ultraprocessados representam 10% da ingestão calórica na Itália e 50% no UK. Em crianças foi de 61% para 67% nas últimas duas décadas. Segundo o IDEC, no Brasil o consumo desses alimentos saltou de 9% para 16% durante a pandemia na faixa etária de 45 a 55 anos. Sabemos que estão associados à obesidade e a doenças, mas será que todos os ultraprocessados são iguais?

Conheça também o Podcurso Low-Carb da Teoria à Prática em https://drsouto.com.br/podcurso/ 

Referências e links citados no episódio:

  • Eliminate or reformulate ultra-processed foods? Biological mechanisms matter – PubMed – Clique aqui

Comentários

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Episódios anteriores

ADA: se não for parte da solução, acaba sendo parte do problema

Conteúdo exclusivo! Você está lendo esta postagem, pois é assinante da área de membros do blog Ciência Low-Carb. Reprodução proibida. Um artigo muito bom foi publicado no jornal britânico The Guardian, por um jornalista muito indignado. E eu entendo a indignação dele, pois ele era um diabético que colocou a doença em remissão com low-carb,

This post is only available to members.

Receba no seu e-mail

Seja avisado sempre que sair um novo episódio e receba as referências no seu e-mail.

[html_block id="258"]
Defina seu menu de categorias em Configurações do tema -> Cabeçalho -> Menu -> Menu para mobile (categorias)
Crie seu primeiro menu de navegação aqui
Carrinho de compras
Comece digitando para ver os posts que procura.
0
Would love your thoughts, please comment.x
Loja
0 item Carrinho
Minha conta